Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Ainda é possivel

por Ricardo Morais, em 19.09.08
Ainda é possivel

O benfica foi perder por 3-2 a napoles mas conseguio dois golos positivos e por isso mesmo precisamos de um estadio cheio para apoiar os nossos atletas. Deixo aqui mais uma vez
as cronicas de a bola. HAJA FÈ


quim

Noite intensa, face ao caudal ofensivo do Nápoles, sacundindo a pressão com um par de boas intervenções (excelente a defesa a Denis, aos 5 minutos), mas menos seguro nos cruzamentos, especialmente nos cantos. Foi traído pelo desvio de Léo no terceiro golo, mas deu a sensação de que teve um segundo a pensar se a bola ia fora ou dentro. Fatal

O Nápoles entrou por ali...
4
maxi pereira

Cedo perceberam os jogadores do Nápoles que seria preferível entrar pelo lado de Maxi do que no flanco oposto, onde estava Léo. Não se pode pedir o mundo ao uruguaio, mas pelo menos maior agressividade e uma ou outra acção que ajude a equipa a subir o seu bloco. Uma brincadeira junto à linha custou um canto que quase deu em golo (Léo salvou)

Deixou a nau... e assumiu-a de novo
5
luisão

Não conseguiu ser o patrão da defesa nos dois minutos fatídicos na primeira parte que tiraram a águia do céu, transportando-a para o inferno: aos 18 minutos o remate de Hamsik bateu-lhe nos pés, sobrando para Vitale fazer o 1-1; segundos depois foi incapaz de perceber a entrada do mesmo Hamsik para assistir Denis no 2-1. O golo reequilibrou a balança.

De garras bem afiadas
6
sidnei

Primeiro grande teste do jovem central brasileiro com nota positiva, apesar de a equipa ter sofrido três golos . Não se deixou intimidar pelo ambiente adverso, tentando jogar em antecipação e sempre com intenção de entregar o esférico a um colega sempre que roubava a bola. Bom posicionamento, garras bem afiadas e maturidade assinalável. O futuro sorri-lhe.

Se as costas tivessem olhos...
5
léo

Minuto 45: depois de uma saída em falso de Quim, num canto do Nápoles, Denis cabeceou. Todos gritaram golo, menos Léo: no alto dos seus 169 centímetros, tirou com a cabeça um golo que poderia ter arrumado com o jogo. Infeliz no terceiro golo napolitano, virando as costas... à sorte, traindo Quim. Menos ofensivo que o normal, mas certamente por ordem de Quioque

Timidez tirou-lhe velocidade
4
urreta

Quique Flores decidiu, afinal, pela inclusão do jovem uruguaio no onze, em detrimento de Balboa. Uma opção que saiu furada: Urreta nunca fez a diferença, nunca usou a velocidade para terrenos internos ou externos. Talvez a falta de experiência em jogos internacionais explique quase tudo. Ajudou Maxi e fechar o flanco e saiu ao intervalo. Entrou... Balboa

Gritou mas nem sempre o ouviram
5
carlos martins

Uma equipa em construção tem falhas e os jogadores a quem se pede para assumirem o jogo são dos mais prejudicados. Carlos Martins procurou muitas linhas de passe, gritou, mas nem sempre o ouviram, porque a máquina ainda tem alguns grilhões. Suazo ouviu-o e compreendeu-o e sorriu com o canto tenso e colocado que abriu o marcador no San Paolo

O 'buldozer' sem crise de combustível
6
yebda

Com a saída de Carlos Martins e a entrada de Katsouranis o meio-campo ficou mais musculado, terreno fértil para o francês impor a sua força e (porque não) técnica para segurar o jogo. É um buldozer que não parece sofrer qualquer crise de combustível, pois está sempre pronto para todas, mesmo que às vezes pareça esgotado. É um engano

Um 'click', luz apagada e outro 'click'
5
reyes

Foi da sua autoria o primeiro remate do jogo: uma bomba aos três minutos, a 30 metros, que Navarro defendeu para canto. Pensava-se que o espanhol poderia abrir o livro de esperanças que tanto promete, mas seguiram-se 40 minutos sem o mínimo rasgo. Reapareceu na segunda parte, ganhando a falta que ele próprio cobrou para o segundo golo da equipa

Deixaram de o temer bem cedo
3
di maría

Era anunciado pelo Nápoles como o jogador mais perigoso do Benfica, mas rapidamente os azzurri perderam o medo: o argentino esteve a anos-luz do que sabe e pode fazer, à excepção de uma boa abertura para Suazo, na primeira parte. Pediu para sair mais cedo graças a uma lesão contraída quando quis fintar dois jogadores. Precisa de crescer

Menos criativo, mais combativo
6
katsouranis

Entrou para o lugar de Carlos Martins, trazendo mais agressividade ao meio-campo nas acções defensivas e ajudando a fechar um bloco que nem sempre funcionou da melhor forma com Carlos Martins. Continua a falhar vários passes, especialmente os mais longos, mas foi determinante para garantir, no final, um resultado que não desagrada de todo

Uma seta junto à linha
6
Balboa

Entrada positiva do ex-jogador do Real Madrid, usando muitas vezes a sua (e talvez única) arma: a velocidade. Sempre colado junto à linha, quer do lado direito ou do lado esquerdo, foi importante para obrigar o Nápoles a não arriscar no ataque, depois do 2-3 de Luisão. Ainda tentou o golo, não andou longe, mas faltou sempre qualquer coisa. Merece jogar mais.

Trouxe imaginação
5
nuno gomes

Os italianos continuam a respeitá-lo muito e podem continuar, porque em poucos minutos conseguiu criar mais perigo que Di María, graças à sua leitura de jogo, criando linhas de passe em curtos espaços de terreno, combinando bem com Suazo. Nuno Gomes continua a provar que é um elemento útil. A titular ou a suplente.

A figura

suazo
Goleador de costas largas
7

Nunca tinha marcado em Nápoles, com tantos jogos efectuados frente aos azzurri nos seus nove anos de calcio, fê-lo ontem ao serviço de uma equipa não italiana. Ironias do destino que muito agradam aos benfiquistas, não tanto pelo golo que marcou (importante, sim) mas por tudo o que mostrou poder fazer nos próximos tempos, devidamente enquadrado: um poço de força, técnica, velocidade, entrega total ao jogo. Combateu muitas vezes contra dois adversários, ganhando muitos dos duelos, quer em progressão com a bola controlada ou ganhando faltas úteis. Determinante no segundo golo, dominando a bola na área, sofrendo falta (que o árbitro não viu), sobrando esta para Luisão. A pantera está com fome de golos e Quique Flores agradece: além de ter um bom ponta-de-lança, está à sua disposição um enorme batalhador

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:07




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2008

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930




Arquivos

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D