Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É só mais um ponto!

por Ricardo Morais, em 25.04.10


E o título está cada vez mais próximo de ser uma realidade. Com um triunfo expressivo e convincente sobre o Olhanense no Estádio da Luz, o Benfica aumentou provisoriamente a vantagem pontual para o Sp. Braga. Caso o segundo classificado não vença a Naval neste domingo, os “encarnados” fazem a festa.
A equipa de Jorge Jesus entrou em campo determinada e concentrada em obter mais uma vitória na Liga portuguesa, sabendo que isso lhe permitia aumentar provisoriamente a vantagem pontual para o segundo classificado, o Sp. Braga.
E um golo madrugador foi o melhor tónico para ficar mais perto desse objectivo. No primeiro lance de perigo, o brasileiro Weldon escapou pelo lado esquerdo do ataque e fez o cruzamento para o interior da área, mas a bola foi desviada com o braço por Delson. O árbitro Lucílio Baptista assinalou grande penalidade e mostrou o respectivo cartão amarelo ao jogador do Olhanense. Cardozo, melhor marcador da equipa, não perdoou na conversão do castigo máximo e colocou em delírio os adeptos presentes nas bancadas (3’).

O mais difícil estava conseguido. Em desvantagem no marcador, o Olhanense teria de subir no terreno e isso poderia ser aproveitado pelo Benfica para ampliar o resultado. No entanto, a formação de Olhão nem teve tempo para afinar uma nova estratégia, já que Delson foi expulso depois de uma entrada muito dura sobre Di María. O jogador do Olhanense viu o segundo amarelo e o consequente vermelho (7’).

Com mais espaços para jogar, a equipa de Jorge Jesus chegou com relativa facilidade ao 2-0. Aimar fez uma grande abertura para Di María e este entrou na área e bateu o guardião contrário (17’).

Enquanto o Olhanense só conseguiu incomodar Quim na marcação de um livre, o Benfica foi coleccionando oportunidades para fazer o 3-0. Um cabeceamento de Luisão (21’) e os remates de Aimar (23’) e Javi Garcia (31’) são apenas alguns exemplos dos lances de perigo que os “encarnados” criaram até ao intervalo.

Cardozo para melhor marcador

Foi um Benfica muito paciente, a trocar a bola, de forma a abrir os caminhos para a baliza do Olhanense, que começou o segundo tempo. E isso deu os seus frutos com duas conclusões perfeitas de Cardozo (53’ e 55’), após igualmente duas excelentes assistências, uma delas com um passe de letra, de Di María. Além do objectivo chamado título nacional, a meta pessoal de Cardozo de ser melhor o marcador também ficou, assim, mais próxima de ser uma realidade. O paraguaio tem agora 24 golos.

Coentrão (67’), Ramires (70’) e o próprio Cardozo (76’) estiveram muito perto de fazer o 5-0, mas foi Aimar que acabou por ser o autor do quinto tento. O argentino rematou com êxito aos 79 minutos. No final, o compatriota Di María quase fez o 6-0 com um grande remate, mas o guarda-redes do Olhanense fez uma grande intervenção.

Com este resultado na 28.ª jornada da Liga, o Benfica ficou a um ponto de ser campeão nacional.

O Benfica alinhou com a seguinte equipa: Quim; Ruben Amorim (Maxi Pereira, 60’), Luisão, David Luiz e Fábio Coentrão, Javi Garcia, Ramires, Aimar (Nuno Gomes, 82’) e Di María, Weldon (Saviola, 60’) e Cardozo.

 

in slbenfica.pt

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:54




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisa

Pesquisar no Blog  

calendário

Abril 2010

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930




Arquivos

  1. 2012
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2011
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2010
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2009
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2008
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D